DotA 2 e League of Legends no mesmo jogo?

DotA 2 e League of Legends são dois dos maiores títulos da atualidade dentro da categoria dos MOBA. Movendo legiões de fãs, estes jogos são vistos como "rivais", visto que os fãs de League of Legends defendem que este é melhor que DotA 2 e vice-versa. Gera-se aqui uma espécie de clubismo, onde os jogadores de um jogo criticam e às vezes até ofendem os que apreciam o jogo "rival".
Divergências à parte, um desenvolvedor decidiu aproveitar o melhor destes dois enormes títulos e cruzá-los em apenas um jogo. Denominado Defense of the Legends, este projeto que ainda está na sua fase inicial, mistura o melhor de DotA 2 e de League of Legends, tentando assim agradar aos jogadores que já tinham pensado nesta possibilidade.
Com recurso ao editor Hammer (um editor que permite que os jogadores possam customizar o mundo de DotA 2), Defense of the Legends está a ser desenvolvido por um desenvolvedor anónimo que já nos presenteou com alguns screenshots do seu trabalho até ao momento. Adaptar mapas e campeões de League of Legends a DotA 2 não é simples, mas este projeto está a ficar com um grande potencial e acreditámos que consiga ser levado para a frente.
Apesar de ter um conceito muito interessante, visto que muitos já se poderiam ter perguntado como seria um crossover destes dois gigantes do estilo MOBA, Defense of the Legends é criticado por muitos jogadores, visto que tomam isto como uma ofensa para o seu jogo predileto. A nosso ver não faz sentido criticar este projeto apenas por não gostarem do jogo oposto seja porque motivo for. Todo o trabalho e dedicação que este desenvolvedor está a colocar neste projeto merece sem dúvida os nossos parabéns!

E vocês, o que acham deste projeto?

Visto por muitas como uma ideia genial e por outros como uma ideia horrível, Defense of the Legends mistura o mundo de DotA 2 com o mundo de League of Legends. Jogadores aficionados acham a ideia horrível, mas nós achámos uma ideia genial!
Queremos saber as vossas opiniões em relação a este projeto, por isso não se esqueçam de deixar um comentário. Estamos curiosos para saber se concordam connosco ou se acham que esta é uma ideia sem futuro.

Fonte

Etiquetas: ,