quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Novidades para a Arena de Hearthstone

O mês de fevereiro tem sido um mês recheado de novidades para Hearthstone. Depois do anúncio que mostrou o nerf que algumas cartas irão sofrer, o jogo de cartas da Blizzard prepare-se também para ter novidades no modo Arena do jogo. Este é um modo de jogo que já merecia algumas novidades, visto que muitos jogadores lhe dão preferência.
O modo Arena de Hearthstone vai começar a usar o modo Standard. Até então, qualquer carta poderia aparecer na seleção de cartas de Arena, mas a partir da próxima atualização apenas cartas que pertençam ao formato Standard irão aparecer. No entanto, cartas comuns e básicas irão aparecer com menos frequência, o que é bastante bom. Por outro lado, feitiços irão aparecer com mais frequência, tornando estratégias muito mais fáceis de delinear.
Dean Ayala, game designer de Hearthstone, forneceu alguns detalhes interessantes acerca desta futura mudança na arena. Ao todo, em 26 das 30 cartas que o jogador poderá escolher, 68% serão comuns, 20% raras, 9% épicas e 3% lendárias. Flamestrike e Abyssal Enforcer serão, no entanto, cartas que irão ver a sua probabilidade de serem encontradas em 50%.
A Blizzard pretende com estas mudanças tornar a criação de decks um pouco mais semelhante ao que os jogadores podem fazer na sua coleção e pretende também que a arena seja uma maneira divertida de os jogadores descobrirem e testarem novas cartas. Apesar de estas mudanças serem bastante interessantes, Dean não vê estas mudanças como algo permanente para este modo de jogo.
Os jogadores que tiverem um deck Wild no momento da atualização poderão utilizá-lo até terminarem essa arena.

E vocês, o que acham destas novidades?

A Arena é um dos modos de jogo mais jogados em Hearthstone, mas um dos que até então não tinham sofrido grandes alterações. A Blizzard pretende mudar isso mesmo e anunciou algumas novidades que espera serem do agrado dos jogadores.
Por aqui no EuJogador achamos interessante a Arena passar a ser Standard, pois pode permitir aos jogadores descobrirem cartas interessantes que poderão ser levadas para o modo ranked sem grandes dificuldades. No entanto, cada vez menos são as oportunidades de utilizar as cartas mais antigas e, como jogadores desde o closed beta, é triste ver algumas cartas desaparecerem lentamente e ficarem esquecidas no tempo.
Estamos curiosos para saber as vossas opiniões, por isso não se esqueçam de deixar um comentário. Digam-nos também se gostavam de ver uma série de arena no nosso canal!

Fonte

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Sétima Gala do EuJogador

Nunca uma Gala do EuJogador demorou tanto a chegar. O trabalho fora do EuJogador consumiu-nos todo o tempo disponível e, apenas hoje, foi possível trazer-vos um dos nossos artigos anuais mais característicos.
Apesar da demora, a Gala está ao mesmo nível das que a antecederam a só vos temos de agradecer pela paciência!
Na edição deste ano da Gala do EuJogador, temos alguns prémios que voltam a pertencer aos mesmos vencedores do ano que passou. Isto só demonstra o trabalho que as empresas têm para manterem sempre os seus jogos no topo do seu género.
Decidimos manter o prémio facebook por mais um ano, mas talvez na próxima Gala ele já não exista. Deixámos de ver a rede social como uma plataforma para jogos, apesar de que milhões de jogadores a continuam a tratar como tal.
Houve também prémios muito difíceis de atribuir, mas pelo lado positivo. Quando mais do que um jogo se destaca, escolher um torna-se muito complicado e daí incluirmos sempre uma pequena menção honrosa.
Sem mais demoras, esperamos que se divirtam a assistir à Sétima Gala do EuJogador!

E vocês, o que acharam desta Gala?

A Gala do EuJogador é o nosso "evento" anual que pretende destacar os melhores jogos do ano que passou. Apesar da demora da Gala deste ano, temos todo o prazer em verificar que a qualidade se mantém.
Obrigado desde já a todos que enviaram feedback para podermos escolher o vosso jogo do ano e agradecemos também que comecem desde já a deixar feedback sobre esta Gala! Digam nos comentários o que acharam dos prémios e digam-nos o que é que podemos incluir e/ou melhorar para termos uma Gala cada vez melhor!
Até à próxima Gala!

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

XPLOIT eSports Masters, o evento a não perder em março

Não é muito habitual haverem grandes eventos de eSports a nível nacional. No entanto, estamos felizes em anunciar que março será um mês de mudança! Nos dias 25 e 26 de março, na FIL em Lisboa, teremos o maior evento a nível nacional deste género. O evento não será grande só no que a dimensão diz respeito, pois o prémio será também o maior a nível da península ibérica!
XPLOIT eSports Masters é o nome do tão aguardado evento. A sua maior atração será o torneio de League of Legends, mas este será um evento dedicado a todos os fãs de eSports.
Os qualificadores para o torneio irão contar com 64 equipas portuguesas e 256 internacionais, mas apenas duas equipas portuguesas e duas internacionais se poderão juntar a 3 outras equipas de top europeu para disputar as grandes finais. Estas três equipas irão marcar presença por convite, por isso será com certeza um espetáculo digno de se ver! O prémio é também muito aliciante, visto que estarão em jogo 25 mil euros, o maior prémio a nível da península ibérica numa competição de eSports.
João Semedo, um dos organizadores, afirmou que "Trata-se de algo nunca antes feito em Portugal, quer em dimensão, quer ao nível da experiência e interação entre participantes e jogadores. Decidimos avançar com este evento porque percebemos que, cada vez mais, os eSports são uma modalidade desportiva em crescimento no nosso país, tendo produzido um elevado número de jogadores profissionais".
Os bilhetes estão à venda desde o dia 13 de fevereiro e custam, neste momento, 12€ para um dos dias e 20€ para ambos. Os preços irão aumentar em breve para 15€ e 25€, respetivamente, visto que a organização prevê uma aderência de cerca de 30 mil pessoas. Assim sendo, se estão desejosos de ir, aconselhamos que façam a compra dos bilhetes o mais rapidamente possível.

E vocês, vão marcar presença no XPLOIT?

O XPLOIT eSports Masters é o maior evento de eSports a chegar a Portugal até à data. Com a duração de dois dias, o Pavilhão 2 da FIL vai estar recheado de jogadores e entusiastas dos mais variados eSports. Assim sendo, este é um evento no qual temos a certeza que a maioria quererá marcar presença!
Os bilhetes já se encontram à venda e recomendámos uma vez mais que os comprem antes que os preços aumentem. Por aqui no EuJogador estamos super entusiasmados e vamos tentar marcar presença para cobrir o evento. No entanto, gostaríamos de saber as vossas opiniões acerca de um evento destas dimensões em Portugal e digam-nos desde já se planeiam passar por lá.
Fiquem atentos ao EuJogador se não quiserem perder nada do que por lá se irá passar, pois iremos publicar artigos a cada novidade conhecida.

Fonte

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

AS Roma entra no mundo dos eSports

Cada vez mais clubes conceituados estão a entrar no mundo dos eSports. Depois do Sporting, do Estoril e do Copenhaga, chegou a vez de um dos clubes mais emblemáticos de Itália se juntar a este fenómeno desportivo. Juntamente com os Fnatic, a Roma anunciou que vai entrar no mundo dos eSports com uma equipa de FIFA!
Como seria de esperar, o emblema romano decidiu entrar nos eSports numa das categorias que já conhece bem, o futebol. O clube italiano já contratou Aman Seddiqi, um dos melhores jogadores norte americanos, Sam Carmody, inglês top 16 do FIFA 17 eSports World Convention, e ainda Nicoló Mirra, um dos jogadores mais premiados em Itália.
Os Fnatic entram nesta parceria ao oferecerem os treinos dos jogadores, ao ajudarem em eventos e ao oferecerem a logística necessária para motivar e estimular os jogadores.

E vocês, o que acham desta notícia?

Os Fnatic são já uma equipa conceituada dentro dos eSports e o AS Roma é uma equipa de nível mundial na atualidade futebolística em que vivemos. Ao juntarem-se estes dois gigantes do desporto, apenas coisas boas se podem esperar.
A entrada da Roma nos eSports é sinal da cada vez mais iminente necessidade dos clubes acompanharem o crescimento deste novo desporto. Ficamos sempre muito contentes em trazer-vos estas notícias!
Digam-nos nos comentários o que acham desta notícia e digam-nos se o clube italiano fez bem em juntar forças com os Fnatic, estamos curiosos para saber as vossas opiniões.

Fonte

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Floors e nerfs previstos para Hearthstone

Desde que Hearthstone foi lançado que o principal objetivo de muitos jogadores é subir no ranking. Este processo que concede estrelas aos jogadores por cada vitória, de modo a permitir que subam no ranking nunca sofreu alterações. É um processo moroso, mas a Blizzard tem planos para o tornar um pouco mais "simples".
Quem está habituado a jogar em ranked sabe que este formato tem sido dominado por Shamans e por decks bastante agressivos. A Blizzard está atenta e também já tem preparados alguns nerfs a cartas fulcrais destes decks, de modo a tornar o jogo mais balanceado.

Floors

Floors foi o nome que a Blizzard deu às mudanças no modo ranked de jogo. Assim que um jogador alcançar os rankings 15, 10 ou 5 perder combates torna-se menos perigoso. O jogo irá "guardar" o progresso dos jogadores neste níveis, tornando-se impossível descer abaixo deles assim que alcançados. Esta é uma ótima notícia para jogadores que nem sempre conseguem vencer ao jogar em ranked. Deste modo, apesar de descerem de rank ao perderem, nunca irão descer abaixo do "floor" que já atingiram. Isto irá, quase com certeza, promover a diversidade de decks neste modo de jogo, visto que os jogadores já não terão tanto receio de descer de ranking.
Os floors apenas duram uma season (um mês), sendo que na seguinte terão de o alcançar de novo para continuarem a ter aquela "segurança".

Nerfs

Para quem não sabe, nerfs é o nome que se dá às mudanças nas cartas de modo a torná-los menos poderosas. A Blizzard já o fez imensas vezes desde que lançou Hearthstone, tudo para tentar minimizar os danos causados por cartas que acabam por se revelar demasiado boas.
Small-Time Buccaneer é o primeiro afetado nesta onda de nerfs. A carta presente em, praticamente, 100% dos decks de piratas vai ter a sua vida reduzida de 2 para 1, de modo a tornar-se mais fácil de eliminar.
Spirit Claws também será nerfada, passando assim a custar 2 de mana em vez de 1. Estas decisões da Blizzard são provocadas pelo abuso destas cartas no metagame atual, tentando assim a empresa diversificar os decks atualmente utilizados.
Estas novidades e mudanças estão previstas para a próxima atualização, que está planeada para o fim deste mês de fevereiro.

E vocês, o que acham destas novidades?

Pela primeira vez desde que foi lançado, Hearthstone irá receber mudanças no modo ranked de jogo. Agora será mais fácil para os jogadores não descerem muitos ranks ao perderem combates neste modo de jogo. Uma novidade muito bem vinda para jogadores que não conseguem ter a folha limpa no que diz respeito a vitórias.
Cartas muito usados atualmente serão também nerfadas, algo que era iminente desde o lançamento de Mean Streets of Gadgetzan.
Digam nos comentários o que pensam acerca dos floors e o que acham dos nerfs previstos para a próxima atualização de Hearthstone. Por aqui recebemos de bom grado os floors e agradecemos os nerfs, pois pretendemos ver decks mais diversificados no jogo.

Fonte

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

The International pode deixar de se realizar nos EUA

The International é o maior evento a nível mundial de Dota 2. O evento anual realizado pela Valve tem um dos maiores prémios dentro dos torneios de género e atrai milhares de adeptos até ao local onde se realiza, juntando-se assim aos milhões que assistem em casa. No entanto, o The International deste ano pode mudar de país. E tudo graças a Trump!
Os leitores minimamente informados em relação a política sabem o quão implacável é Donald Trump no que a emigrantes diz respeito. Desde que o novo presidente dos Estados Unidos da América assumiu o cargo, os controlos de emigração têm vindo a sofrer uma enorme e radical mudança. Esta é uma mudança tão radical que a própria Valve está com problemas em obter os vistos para os jogadores, algo que pode levar ao The International a realizar-se noutro país!
Gabe Newell, um dos responsáveis pela Valve, disse ao VentureBeat que arranjar os vistos para os jogadores já era um desafio, mas que agora ainda mais complicada se tornou esta tarefa. A Valve sempre tratou destas burocracias, de modo a que os jogadores se possam concentrar nos jogos. No entanto, Gabe afirma que "É fácil (arranjar o visto) se for um cantor de ópera ou um vencedor de um prémio Nobel, no caso de ser um jovem desempregado da Síria, sem grandes laços com o país, é bastante mais complicado".
A principal vantagem de realizar o torneio em Seattle era a comodidade para a Valve de ter tudo perto dos seus escritórios. No entanto, se os vistos se tornarem demasiado difíceis de adquirir, a empresa terá de pensar numa solução.

E vocês, o que pensam acerca disto?

É triste ver até onde o ser humano consegue chegar só por não conseguir tolerar as diferenças e generalizar que todos os habitantes de um país são iguais. Pior ainda é parar para pensar em tudo o que isso pode afetar, visto que até aos eSports isso já diz respeito.
O governo de Trump é apertado no controlo de emigração e por isso, o The International poderá muito bem passar a realizar-se noutro país. Digam nos comentários o que pensam acerca disso e digam-nos qual o país em que o The International devia ter lugar, caso se confirme a saída dos Estados Unidos da América.
Fiquem atentos ao EuJogador para mais novidades acerca desta notícia!

Fonte

sábado, 11 de fevereiro de 2017

Mu Legends já tem data para o segundo Closed Beta

Mu Legends é uma sequela do famoso MMORPG Mu Online. Os fãs deste jogo ficarão muito contentes em saber que já há data definida para o segundo closed beta e é já este mês!
Este segundo período de closed beta pretende testar a localização do jogo, tendo como maior foco o "comportamento" das traduções. Quando lançado oficialmente, o jogo estará disponível em inglês, português, francês, alemão e polaco, precisando ainda, certamente, de muitas melhorias.
De acordo com a Webzen, empresa que produz o jogo, o primeiro closed beta recebeu mais de 200 mil registos. As boas notícias para estes jogadores é que tudo o que fizeram no primeiro período de closed beta irá estar intacto neste segundo. Os interessados em participar na segunda fase de closed beta, que se irá realizar entre 21 e 28 de fevereiro, devem inscrever-se no site de Mu Legends.
Assim que este segundo período de closed beta terminar, a Webzen pretende trabalhar em conjunto com a equipa do departamento de localização para corrigir os erros encontrados e testar então um período de open beta. Quanto ao período de open beta, ainda não há nenhuma data definida. Recomendámos por isso que fiquem atentos ao EuJogador, caso este jogo vos tenhas suscitado interesse.

E vocês, vão testar Mu Legends?

Mu Online é um MMORPG muito apreciado por milhares de jogadores. Assim sendo, Mu Legends será com toda a certeza um sucesso, visto que é uma sequela direta do já tão apreciado MMORPG.
O segundo período de closed beta já tem data marcada para o final deste mês e recomendámos que se inscrevam já para poderem testar o jogo antes de muitos outros.
Digam nos comentários se pretendem testar o jogo e se estão entusiasmados com o seu lançamento.

Fonte